O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) identificou 5.089 pessoas em quatro dias durante operações que fonte do organismo disse serem de mera “prevenção e rotina”, incluindo a realizada esta sexta-feira, de manhã, na estação de São Bento, no Porto.

De entre as 5.089 pessoas identificadas, 10 foram detidas por “permanência irregular” em território português e 43 outras foram notificadas para abandonar o país.

Efetivos do SEF controlaram hoje a identidade de um número ainda não apurado de pessoas na operação realizada na estação de comboios de São Bento, depois de na quarta-feira terem promovido idêntica ação na outra grande estação da CP no Porto, a de Campanhã.

A fonte do SEF sublinhou que se trata de ações “de prevenção e rotina que ocorrem regularmente por todo o território” relacionadas com combate ao tráfico de pessoas, imigração ilegal, falsificação de documentos e controlo da permanência de cidadãos estrangeiros no país.

O SEF já tinha enquadrado no mesmo âmbito uma operação que na segunda-feira levou à detenção de um casal iraniano no aeroporto do Porto, com passaportes falsos.

O casal de iranianos foi ouvido na terça-feira no Tribunal da Maia, e foi colocado no centro de instalação temporário com vista à expulsão, disse hoje à Lusa fonte judicial.