O ano de 2016 apresenta, até 15 de julho, os valores mais baixos em número de incêndios florestais e área ardida dos últimos 10 anos, segundo o mais recente relatório do  Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas.

Foram registados 2.880 fogos que consumiram 2.174 hectares, segundo o último relatório oficial.

O Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) indica que, entre 01 de janeiro e 15 de julho, registaram-se 2.880 ocorrências de fogo, menos 64,5% do que no mesmo período de 2015, quando ocorreram 8.156.

O relatório provisório de incêndios florestais do ICNF adianta que das 2.880 ocorrências de fogo, 403 dizem respeito a incêndios florestais e 2.488 a fogachos.