O Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC) decidiu abrir também aos sábados os blocos operatórios do Hospital Geral, nos Covões, de forma a combater as listas de esperas, nomeadamente na oftalmologia, disse à Lusa fonte oficial desta estrutura.

O serviço de oftalmologia do CHUC realiza anualmente mais de 85.000 consultas e mais de 13.000 cirurgias, com 3.400 destas operações dedicadas às cataratas.

De forma a combater as listas de espera e responder eficazmente ao incremento da procura, o Conselho de Administração do CHUC decidiu criar este programa específico, abrindo também aos sábados a Unidade de Cirurgia de Ambulatório (UCA) dos Covões e conseguindo programar assim até ao final do ano mais 300 cirurgias.

Este programa, que começou a 01 de julho, permitiu já a realização de 228 cirurgias aos sábados.

«Em breve», disse a mesma fonte à Lusa, a cirurgia de cataratas será feita exclusivamente na UCA do Hospital Geral (Covões) e todo o internamento e cirurgia à retina passará a ser efetuada no polo Hospital Universitário de Coimbra (HUC), na cidade.

Os serviços de oftalmologia do CHUC e do Hospital Geral foram fusionados em julho.

Este novo centro oftalmológico distingue-se pelos transplantes de córnea, tratamento de retinopatia diabética, cirurgia vítreo-retiniana, oncologia ocular, cirurgia implanto-refrativa e oftalmologia pediátrica.

No último ano, o CHUC registou um aumento de mais de 15% na procura para oftalmologia. A mesma fonte oficial esclareceu que esta procura se verifica tanto em doentes provenientes de fora da rede de diferenciação do CHUC, quer da região centro, quer de fora da região centro.

No polo HUC, o bloco operatório já funciona para cirurgias de oftalmologia todas as tardes, com exceção das sextas-feiras.