Vários doentes que se encontravam no internamento de cirurgia do Hospital de São José, em Lisboa, foram transferidos após a queda da parte de um teto num corredor, que não causou feridos nem obrigou a adiamento de cirurgias.

De acordo com fonte desta unidade de saúde, que pertence ao Centro Hospitalar de Lisboa Central (CHLC), a cedência de parte do teto de placas ocorreu na terça-feira, no corredor do serviço de cirurgia do hospital.

A cedência das placas do teto deveu-se “à pressão exercida por cablagem vária que se desprendera das vigas de sustentação” e ocorreu “numa hora em que ninguém, profissional ou utente, se encontrava a transitar”, adiantou a mesma fonte.

Por precaução, a instituição determinou “a transferência de alguns doentes internados para serviços próximos e a desativação daquela área pelo tempo estritamente necessário à reconstrução do teto”.

As obras já estão a decorrer, mas a administração do CHLC não adianta para já uma data para a sua conclusão, tendo em conta as dificuldades de intervenções em unidades como o Hospital de São José, que é uma instituição secular.