Um caso suspeito de ébola no Hospital de São João, no Porto, que veio a confirmar-se negativo, obrigou as autoridades a isolar parte das urgências.

De acordo com o «JN», o hospital teve esta quinta-feira de ativar o plano de contingência do ébola, por causa de um homem que tinha chegado do Congo.

O paciente passou pela triagem e aguardou cerca de duas horas numa sala com outros doentes. 

Tudo o que precisa saber sobre o ébola (infografia)

A suspeita só surgiu quando a médica o observou e percebeu que o doente tinha vindo recentemente do Congo.

Na sequência dos fectos, foi ativado o circuito de emergência, parte do serviço foi isolado e vários doentes foram retidos até se perceber que a suspeita de ébola não se confirmava.

O ébola e o medo na Europa e no mundo

A enfermeira espanhola contaminada com o vírus africano está estável e já fala com os médicos, mas, para além dela, na vizinha Espanha, há 17 pessoas internadas com suspeitas de terem contraído o ébola.

A ameaça também chegou ao Brasil, mas, as primeiras análises feitas ao homem internado com sintomas idênticos aos do ébola vindo da Guiné-Conacri, parecem descartar tratar-se deste vírus.