Terrenos que se encontravam desocupados na cidade de Tondela estão a ser usados para promover a agricultura, ganhando nova vida graças a um projeto que dá formação nesta área a pessoas desempregadas ou com uma situação profissional instável.

O projeto «Hortinhas solidárias» resulta de uma parceria entre a Câmara de Tondela, o Instituto de Emprego e a Formação Profissional (IEFP) e a Confagri - Confederação Nacional das Cooperativas Agrícolas e do Crédito Agrícola de Portugal.

Dois meses depois do arranque, será cumprido um dos objetivos do projeto: instituições de solidariedade social e famílias carenciadas vão receber couves, o primeiro produto resultante do trabalho de 20 formandos.

«Quisemos juntar no mesmo projeto a formação no setor agrícola, o ganho de competências dos formandos e também ajudar quem mais precisa no nosso concelho», justificou à agência Lusa a vereadora da Câmara de Tondela Carla Pires.