A Polícia Judiciária deteve um agricultor de 57 anos, residente no concelho do Sabugal, distrito da Guarda, pela presumível prática de um crime de homicídio qualificado na forma tentada.

Segundo a PJ, o crime ocorreu numa aldeia do concelho do Sabugal, na sequência de uma discussão entre dois agricultores vizinhos "por motivos relacionados com a fuga e o apascentamento de gado bovino".

"Após uma breve discussão e confrontação física entre ambos, o ora detido terá efetuado um disparo com arma de fogo em direção ao seu vizinho, ainda que sem o atingir fisicamente", refere em comunicado o Departamento de Investigação Criminal da PJ da Guarda.

A nota acrescenta que após os factos, o suspeito colocou-se em fuga, tendo sido localizado e detido "algumas horas mais tarde".

O detido, também suspeito de um crime de detenção de armas de fogo proibidas, possui antecedentes criminais por violência doméstica.

O homem foi sujeito a primeiro interrogatório judicial e ficou sujeito à medida de coação de obrigação de permanência na habitação, controlada por dispositivo de vigilância eletrónica, indica a PJ, de acordo com a Lusa.