O homem suspeito de ter matado a ex-mulher a tiro, no sábado, em Ferreira do Alentejo, morreu na segunda-feira num hospital em Lisboa, disse esta terça-feira fonte policial.

A mesma fonte adiantou à agência Lusa que, após a alegada tentativa de suicídio, o homem, de 62 anos, suspeito do homicídio da ex-mulher, de 54, foi transportado em estado grave para o Hospital de São José, em Lisboa, onde acabou por morrer na segunda-feira.

O alegado homicídio e a tentativa de suicídio ocorreram no sábado cerca das 16:30, numa rua junto ao Mercado Municipal de Ferreira do Alentejo, no distrito de Beja, segundo fontes dos bombeiros e da GNR.

O caso está a ser investigado pela Polícia Judiciária.