Dois homens foram detidos por indícios de envolvimento no rapto e homicídio de uma mulher, informa a Polícia Judiciária.

Um deles é o ex-companheiro da vítima, que já tinha sido anteriormente condenado a pena de prisão suspensa por violência doméstica.

Este homem está em prisão preventiva desde o fim de semana e o coautor dos crimes foi detido na noite de quarta-feira.

«Com o apoio do coarguido, raptou a sua antiga companheira e, pouco tempo após, matou-a, ocultando o corpo em local isolado da margem sul do rio Tejo, onde veio a ser descoberto com visíveis sinais de agressão», referiu a PJ, em nota à comunicação social.

Os dois homens têm idades entre os 29 e os 39 anos.