Foram detidos dois irmãos, de 20 e 35 anos, suspeitos de matar um homem a tiro, a 17 de janeiro deste ano, no concelho de Loures, anunciou esta segunda-feira a Polícia Judiciária, que procurava os dois homicidas deste esse dia

«A vítima foi executada com disparos de arma de fogo na cabeça e o corpo abandonado numa estrada de terra batida no concelho de Loures, com as mãos manietadas atrás das costas, na manhã de 17 de janeiro», refere a PJ, em comunicado.

Horas depois dos factos, a viatura utilizada pela vítima naquele dia foi encontrada num local ermo do concelho de Sintra, totalmente destruía, após lhe ter sido ateado fogo.

Os detidos têm antecedentes criminais por tráfico de droga, revela ainda a PJ, acrescentando que ambos estão indiciados pela prática de um crime de homicídio na forma consumada. Ficaram sujeitos à medida de coação de prisão preventiva, depois de presentes a primeiro interrogatório judicial.

No dia do crime, fonte policial disse à agência Lusa que a vítima teria entre 40 e 50 anos e que foi encontrada num terreno baldio junto à estrada que liga Loures a Caneças.