O suspeito de matar um familiar com uma enxada e ferir outras duas pessoas com uma arma, em Mafra, vai ficar em prisão preventiva, depois de esta terça-feira ter sido presente ao Tribunal de Sintra, disse à Lusa uma fonte policial.

O homem, de 58 anos, é suspeito de, no domingo, ter matado com uma enxada o sogro, de 82 anos, na localidade de Brejos da Rossada, freguesia do Milharado.

Na origem do crime, terão estado desavenças familiares.

A mesma fonte refere que o agressor terá ainda ferido com disparos de uma arma outras duas pessoas, que testemunhavam o crime e que tentavam demover o suspeito de o praticar.

O presumível homicida, que já tinha cumprido pena de prisão por tentativa de homicídio, acabou por ser detido em flagrante delito pela GNR, quando ainda se encontrava com a arma na mão.

Além da vítima mortal, três pessoas tiverem de receber assistência hospitalar, sendo uma delas o próprio agressor e dois vizinhos, um deles em estado grave.