A maioria dos doentes de Hepatite C em tratamento em hospitais público-privados não teve ainda acesso ao medicamento que cura a doença. O tratamento com medicamentos inovadores está já disponível há um mês nos hospitais públicos. 

A linha de financiamento da terapêutica foi inicialmente acionada no Serviço Nacional de Saúde e deixou de fora os hospitais geridos por privados. O Ministério da Saúde garante que a situação está a ser resolvida e que em breve dará novas indicações aos hospitais. 

Enquanto isso, centenas de doentes esperam pelo medicamento que é capaz de curar 95% dos casos de hepatite C. 

Segundo o Infarmed, em tratamento estão para já 1190 doentes.