A pediatra Helena Isabel Almeida é a nova diretora clínica do hospital Fernando da Fonseca. A informação foi divulgada pelo hospital Amadora-Sintra ao fim da manhã, depois dos diretores de serviço se terem demitido em bloco esta terça-feira.

Segundo o repórter da TVI, Bernardo Santos, apurou no local, Helena Isabel Almeida assume o cargo três semanas o diretor clínico se ter demitido, naquela que foi uma contenda entre os diretores de serviço e o hospital. 

A aguardar confirmação por parte do hospital está a informação de que os chefes de serviço reconsideraram e vão continuar nos mesmos cargos.

Os diretores de serviço demitiram-se esta terça-feira, alegando, em carta enviada ao presidente do conselho de administração daquela unidade de saúde, que a situação é «preocupante», tanto ao nível da degradação das condições de trabalho, como do serviço prestado aos doentes. 

Com fortes - e diretas - críticas à administração e à direção clínica, por não terem «conseguido defender os interesses da instituição e das populações» - e com esta última a revelar «total incapacidade» de interlocutora -, os diretores de serviço desistem. E enumeram os motivos: 
  
«A saída preocupante de recursos humanos qualificados que não foram substituídos, a «notória a incapacidade de contratação», a «ausência de resposta em especialidades fundamentais», como a anestesia e os «problemas do serviço de urgência», entre outras. 
  
Não tem dúvidas que a «ausência de estratégia» e o caminho que está a ser seguido condenarão 
O hospital à «insolvência económico-financeira». 
  
Os diretores de serviço do Amadora-Sintra apresentam as críticas, mas garantem que muitos dos problemas foram «previstos» e que eles próprios sugeriram «ideias e medidas», sugeridas, que não encontraram «eco» na gestão do hospital.