A Câmara Municipal de Lisboa arrecadou seis milhões de euros, o dobro do esperado, numa hasta pública em que alienou 24 imóveis integrados no programa «Reabilita Primeiro Paga Depois». A ideia inicial era encaixar apenas 2,9 milhões de euros.

Na hasta pública, que decorreu na quinta-feira, apresentaram-se 229 interessados, entre nacionais e estrangeiros, e foram feitos 1.500 lanços, indicou a autarquia, citada pela Lusa.

O programa «Reabilita Primeiro Paga Depois» foi criado pela câmra em 2013 e consiste na venda de edifícios municipais devolutos com a obrigação de o adquirente (privado ou empresa) realizar as obras de reabilitação.

O pagamento do prédio ao município pode ser efetuado até à conclusão da reabilitação ou a pronto pagamento, tendo nesse caso o comprador um desconto de 10%.

Esta foi a quarta hasta pública que a câmara fez este mês. Nas restantes (fora deste programa de reabilitação), foram postos a alienação lotes de terreno, prédios municipais e espaços comerciais.