Em tempo de férias muitos são os portugueses que vão para o estrangeiro ou "para fora cá dentro". Se enquanto descansa souber que tomou algumas medidas preventivas em relação à sua casa melhor.

A operação “Verão Seguro”, em vigor desde 15 de junho e até 15 de setembro 2017, vai além de uma maior vigilância nas estradas portuguesas.

Se ainda não foi de férias, antes de partir consulte o site do Ministério da Administração Interna, ou das forças de segurança GNR e PSP, o Portal do Cidadão, ou ainda o site da Medida Verão Seguro.

É que pode solicitar o serviço de vigilância da sua residência durante o período de férias.

Segundo o Governo, o objetivo é “ajudar o cidadão a gozar as férias tranquilamente quando se encontra fora da sua residência habitual”. E a medida está em vigor em todo o território nacional sob jurisdição de a GNR e PSP.

Para ter acesso, basta que preencha o formulário em: https://veraoseguro.mai.gov.pt/Pages/Home.aspx.

No mesmo site, pode ainda consultar os conselhos úteis a seguir sempre que se ausenta de casa por períodos maiores:

1 - instalar um alarme contra intrusão e informar as forças de segurança com jurisdição na sua área de residência;

2 -  se possível dar aparência de atividade à residência;

3 - o ideal será pedir a alguém que abra regularmente as persianas e cortinas, durante o dia, e ligue a iluminação interior algumas noites;

4 - não divulgar a estranhos que vai de férias;

5 - verificar e fechar bem as portas e janelas;

6 - se possível não deixar acumular a correspondência na caixa de correio. Peça a alguém de confiança para a recolher;

7 - catalogar, se possível, os objetos de valor e anotar os números de série;

8 - sair de casa, para gozar as férias, as horas com menos movimento;

9 - informar um vizinho de confiança: ele é a segurança mais próxima; a solidariedade entre vizinhos inibe a ação dos marginais;

10 - guardar em lugar seguro joias, dinheiro, valores e objetos de arte.