A portuguesa Maria da Conceição recebeu a terceira distinção do Guinness, desta vez como «a mulher que mais dias consecutivos fez em corrida de ultramaratonas», noticia o portal Áudio Press Portugal.

Maria da Conceição escolheu o projeto gerido por Mafalda Ramos e que noticia «o melhor de Portugal» para divulgar o feito de ter entrado para o livro dos recordes mundiais pela terceira vez.

Conforme explicou à Lusa Mafalda Ramos, tal como nas duas anteriores distinções, esta terceira resulta do desempenho de Maria da Conceição no desafio 777, sete maratonas de 50 quilómetros, em sete continentes e durante sete semanas, para «capacitar as crianças que vivem na pobreza».

De acordo com declarações de Maria da Conceição ao Áudio Press Portugal, as participações no 777 pretendem «alertar o mundo para as crianças com necessidades urgentes» em Dhaka, no Bangladesh, apoiadas pela Fundação Maria Cristina, sediada no Dubai e com a qual a portuguesa colabora há dez anos.

Maria da Conceição – que também já se pôs à prova numa subida ao monte Evereste e foi considerada pelos Emirados Árabes Unidos, que começou a visitar como hospedeira de bordo de uma companhia aérea do Dubai, como «Mulher do Ano», em 2009 – vai voltar às maratonas em fevereiro, de novo «para chamar a atenção para as crianças do Bangladesh», adiantou Mafalda Ramos.