A ASAE apreendeu 2.853 artigos de vestuário no valor de 32.500 euros em ações de fiscalização efetuadas nos concelhos de Guimarães e Barcelos, informou hoje a ASAE.

As operações foram efetuadas através da Unidade Nacional de Informações e Investigação Criminal em colaboração com o Corpo Nacional de Polícia de Espanha e Agência Tributária de Espanha, lê-se num comunicado da Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE).

Intitulada Cuarzo, a operação decorreu nos dias 14 e 15 de outubro e traduziu-se na fiscalização de oito empresas dos concelhos de Guimarães e Barcelos. O material contrafeito destinava-se ao mercado espanhol.

Em Espanha, a fiscalização decorreu no mercado «La Pedra», em Vigo, onde foram detidas 50 pessoas e o Corpo Nacional de Polícia apreendeu 20.000 artigos de vestuário, 1.500 maços de tabaco de contrabando, um revólver e 24.000 euros em numerário.

Na véspera das operações, a Unidade Nacional de Informações e Investigação Criminal tinha procedido à execução de doze mandados de busca domiciliários e não domiciliários, também na zona de Guimarães e Póvoa de Lanhoso, tendo apreendido 2.204 artigos de vestuário e calçado, no valor de cerca de 27.000 euros, uma caçadeira, um bastão extensível e 5.900 euros em numerário.

Foi ainda apreendido um sistema de videovigilância, por falta de licenciamento, num estabelecimento de venda de material.