A Polícia Marítima portuguesa anunciou esta quinta-feira, em comunicado, ter resgatado 36 migrantes no Mar Egeu, junto à ilha de Lesbos, na Grécia.

A Polícia Marítima iniciou esta quinta-feira a sua participação, com a embarcação “Tejo”, na operação “Poseidon Sea 2015”, no âmbito da sua colaboração com a Frontex, agência de controlo das fronteiras europeias.

O resgate ocorreu ao início da tarde quando foi avistada uma embarcação parada “devido a avaria no motor, com os ocupantes a solicitar ajuda”, refere.

“A Polícia Marítima resgatou os 36 migrantes, dos quais quatro eram crianças”, salienta no comunicado, acrescentando que um dos migrantes precisou de ser assistido devido a problemas respiratórios.

Depois de assistido o estado de saúde do migrante ficou estabilizado.

As pessoas foram transferidas para a embarcação “Tejo” e a embarcação avariada rebocada para o porto de Molivos “onde todos chegaram em segurança”, refere a Polícia Marítima.