Um homem de Castelo Branco foi notificado pela Segurança Social para pagar 41,10 euros que terá recebido indevidamente durante a sua «gravidez de risco», avança o jornal regional «Reconquista» que publica uma cópia da carta com data de 1 de novembro.

Segundo a carta, assinada pela diretora da unidade da SS de Castelo Branco, Albino Dias Ribeiro terá recebido essa quantia entre outubro e novembro de 2008 e terá de pagar «no prazo máximo de 30 dias» a importância «referente a acertos de ausências por gravidez de risco».

Em declarações àquela publicação, Albino Dias Ribeiro afirma não se recordar da gravidez, mas «espera receber uma recompensa por ter sido o primeiro grávido do país», caso a Segurança Social o consiga confirmar.