A GNR de Águeda anunciou hoje a detenção de um homem, de 62 anos, que estava a ser procurado para cumprir uma pena de oito anos de prisão, pela prática de vários crimes.

O sexagenário foi detido na passada terça-feira, cerca das 14:15, quando seguia ao volante de uma viatura furtada, no IC2, em Águeda.

Quando se apercebeu da presença da GNR, o suspeito colocou-se em fuga e acabou por ser intercetado na localidade de Mourisca do Vouga.

Posteriormente, a GNR confirmou que a viatura tinha sido furtada meia hora antes, em Albergaria-a-Velha, e que o suspeito possuía documentos falsos (Bilhete de Identidade e Carta de Condução).

Apurou-se ainda que sobre o mesmo pende um mandado detenção, emanado pela 7.ª Vara Criminal de Lisboa, para cumprimento de uma pena de oito anos de prisão, pela prática dos crimes de falsificação de documentos, resistência e coação sobre funcionário e detenção de arma proibida.

Além do crime de furto de um veículo ligeiro, o arguido responde ainda por um crime de resistência e coação sobre funcionário.