A GNR anunciou este domingo a detenção em Vilar Formoso, Almeida, de quatro homens estrangeiros, com idades entre 21 e 32 anos, residentes em Espanha, suspeitos da prática de diversos furtos em residências de idosos da região.

Segundo fonte do Comando Territorial da GNR da Guarda, os detidos são suspeitos da prática de diversos furtos em habitações dos concelhos de Figueira de Castelo Rodrigo, Vila Nova de Foz Côa, Pinhel, Almeida e Sabugal, no distrito da Guarda.

«Fundamentalmente furtavam em residências ocupadas por idosos e quando os mesmos se encontravam ausentes. Cometiam os furtos e iam embora para Espanha, onde residiam», admitiu a fonte.

Os suspeitos foram detidos na tarde de sexta-feira, pela GNR de Vilar Formoso, que intercetou o veículo em que seguiam na Estrada Nacional 332, junto daquela vila fronteiriça, após informação de uma viatura com aquelas características «ter sido interveniente nos furtos» participados às autoridades policiais.

Os ocupantes foram conduzidos para as instalações do Destacamento Territorial da GNR de Vilar Formoso e após revista aos quatro indivíduos e ao veículo, foram encontrados vários objetos alegadamente furtados.

Um computador portátil, seis telemóveis, três relógios, uma pulseira de prata, uma carteira com 75 euros, dois fios, um anel e um brinco de ouro, foram alguns dos artigos recuperados pela GNR.

«Após reconhecimento dos objetos por parte dos ofendidos», os quatro indivíduos foram detidos e presentes ao tribunal de turno da Guarda que lhes aplicou a medida de coação de prisão preventiva.

Dois dos suspeitos têm antecedentes criminais em Espanha por roubos, associação criminosa e furtos.