A Unidade de Controlo Costeiro (UCC) da GNR anunciou, esta segunda-feira, a detenção de dois homens e a apreensão de uma tonelada de haxixe no Rio Guadiana, droga que se encontrava dissimulada no fundo falso de uma embarcação.

Em comunicado, o subdestacamento de Controlo Costeiro de Vila Real de Santo António adiantou que as detenções foram efetuadas na tarde de domingo, ao abrigo de uma operação conjunta com a Guardia Civil espanhola, que deteve outros dois suspeitos e apreendeu uma quantidade não especificada de haxixe.

Aquela unidade acrescenta que foi contactada pelo serviço marítimo da Guardia Civil de Huelva, que estava a seguir uma embarcação suspeita que se dirigia para o Rio Guadiana.

A GNR acabou por intercetar a embarcação, com dois cidadãos estrangeiros a bordo, tendo sido detetado um fundo falso com vários fardos de haxixe dissimulados no seu interior, com um peso aproximado de 1.060 quilos.

No decorrer da operação realizada ao longo do rio foi intercetada outra embarcação semelhante, que também continha haxixe em fundos falsos, cuja apreensão ficou a cargo da Guardia Civil.

Já a Norte, a GNR deteve três homens que estavam a assaltar um armazém em Santiago de Bougado, Trofa, onde alegadamente eram desmantelados automóveis furtados.

Segundo fonte do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) da GNR de Barcelos, responsável pelas detenções, aquele armazém está apreendido por ordem judicial, na sequência de uma investigação policial às «atividades ilícitas» ali desenvolvidas.

O armazém já tinha sido alvo de dois assaltos.

No domingo, ao final da tarde, estava a decorrer o terceiro, mas o NIC apanhou então três dos quatro assaltantes, numa operação em que contou com a colaboração da GNR de Famalicão.

Os detidos têm entre 25 e 29 anos e serão hoje apresentados no Tribunal de Santo Tirso, para aplicação das respetivas medidas de coação.