A GNR de Santarém deteve uma mulher, de 44 anos, por posse ilegal de arma, no âmbito de uma investigação por furto em residência, durante a qual já haviam sido recuperados diversos objetos furtados, na maioria em ouro.

Em comunicado, a GNR afirma que a detenção, pelo Núcleo de Investigação Criminal, decorreu à hora do almoço de terça-feira, durante uma busca domiciliária em cumprimento de um mandado judicial.

A busca ocorreu na sequência de diligências de investigação, tendo sido anteriormente recuperados diversos objetos, nomeadamente três fios, cinco anéis escravas, quatro anéis, sete brincos, uma pulseira, um alfinete de peito e uma cruz, todos em ouro, e mais de uma dezena de peças em prata, além de uma televisão Led, afirma a nota.

A busca domiciliária, realizada no Vale de Santarém, permitiu recuperar diversas ferramentas elétricas portáteis, nomeadamente aparafusadoras, um compressor de ar comprimido, ratificadoras, berbequins e rebarbadoras.

Foram ainda detetadas armas de fogo, armas brancas e munições ilegais, como uma pistola calibre 6.35 mm, uma dezena de munições, duas espingardas de ar comprimido, uma espada, uma faca de mato e uma navalha em aço.

A detida foi constituída arguida e sujeita a termo de identidade e residência, adianta o comunicado.