Um homem, de 62 anos, morreu esta quarta-feira vítima de acidente de trabalho em Almodôvar, Beja, após ter, alegadamente, caído e batido com a cabeça num ferro, disseram à agência Lusa fontes dos bombeiros e da GNR.

Segundo a fonte da GNR, o homem, natural de Oliveira de Azeméis, no distrito do Porto, trabalhava para uma empresa de construção civil e deslocou-se com colegas a uma obra, numa rua da vila de Almodôvar, para carregarem material.

Depois de ter carregado o material com os colegas, o homem desviou-se do local onde estava, terá escorregado, caído e batido com a cabeça num ferro, que estava no chão e lhe perfurou o crânio, provocando-lhe a morte, explicou a fonte da GNR.

Segundo fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Beja, o alerta para o acidente foi dado cerca das 08:00 e as operações de socorro evolveram veículos e operacionais dos bombeiros e da GNR, a ambulância de Suporte Imediato de Vida (SIV) de Castro Verde e a Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) de Beja.

Contactado pela Lusa, o diretor da Unidade Local do Litoral e Baixo Alentejo da Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT), Carlos Graça, disse que a instituição já abriu um inquérito para averiguar as circunstâncias do acidente de trabalho.

Por se tratar de um acidente de trabalho mortal, uma equipa de inspetores da ACT deslocou-se ao local para recolher elementos para desenvolver as averiguações necessárias e elaborar o inquérito, explicou Carlos Graça.