A GNR anunciou a apreensão de 700 plantas de canábis em duas estufas, que foram desmanteladas durante uma operação que decorreu em Valpaços e, na qual, quatro pessoas foram constituídas arguidas.

A investigação por tráfico de estupefacientes foi desencadeada pelo Núcleo de Investigação Criminal do Destacamento de Chaves e decorreu na segunda-feira, em Valpaços, no distrito de Vila Real.

Os suspeitos, três homens e uma mulher com idades compreendidas entre os 25 e os 47 anos, foram constituídos arguidos, sujeitos a termo de identidade e residência e vão ser presentes na quarta-feira ao Tribunal Judicial de Valpaços.

Os militares realizaram quatro buscas domiciliárias, tendo sido apreendidas 700 plantas de canábis, ainda 170 gramas de folhas de canábis e 95 doses de haxixe.

Nesta operação, a GNR apreendeu ainda dois veículos, 126 munições de vários calibres, 2.130 euros, quatro telemóveis, quatro balanças digitais de precisão e diverso material utilizado para manter a estufa em funcionamento.