O Núcleo de Investigação Criminal da GNR de Viana do Castelo anunciou, esta quinta-feira, a detenção de um homem de 54 anos suspeito da prática dos crimes de burla, simulação de crime e posse de arma ilegal.

Em comunicado, a GNR explica que a detenção ocorreu na quarta-feira, no âmbito de uma investigação iniciada há oito meses e relacionada com crimes de burla contra companhias de seguros.

No decurso de uma busca domiciliária à residência do suspeito, foram apreendidos 132 objetos que constam como furtados em duas participações elaboradas pelo mesmo nos anos de 2012 e 2013 às companhias de seguros, num valor aproximado de 60 mil euros.

Dos objetos apreendidos destacam-se diversos relógios de marcas conceituadas, moedas de coleção, dois computadores portáteis, um quilo de peças em ouro e 1,2 quilos de peças em prata.

Foi também apreendida uma arma de fogo calibre 12 e 27 cartuchos do mesmo calibre, que estavam na posse do suspeito.