A Guarda Nacional Republicana deteve 436 pessoas em flagrante delito entre 26 de fevereiro e 03 de março, 189 das quais devido a condução sob efeito de álcool

Do total de detenções, 58 deveram-se a condução sem habilitação legal, 27 a tráfico de estupefacientes, 24 a furto e 10 a posse ilegal de arma.

Durante a semana, a GNR apreendeu ainda 3.172 doses de haxixe, 3.039 doses de heroína, 272 doses de cocaína, 25 armas brancas, 18 armas de fogo, 399 munições de vários calibres, 26 veículos, 28.918 euros em numerário e 200.000 euros em notas falsas.

Na área do trânsito, a GNR fiscalizou 26.986 condutores, tendo detetado 10.846 infrações, das quais 3.052 por excesso de velocidade e 506 por uso indevido de telemóvel durante a condução.

Do total de infrações, 478 deveram-se a condução com taxa de alcoolemia superior ao permitido por lei, 436 a falta ou incorreta utilização do cinto de segurança/sistema de retenção para crianças, 413 a falta de inspeção periódica obrigatória do veículo, 314 infrações relacionadas com tacógrafos e 192 a falta de seguro de responsabilidade civil.