A GNR de Vila Real anunciou esta quinta-feira a detenção de dois suspeitos de vários assaltos a residências naquele concelho, um dos quais ficou em prisão preventiva, enquanto o outro recebeu ordem de expulsão do país.

Os dois homens, estrangeiros, de 24 e 49 anos, foram detidos depois de uma perseguição de carro, que ocorreu numa altura em que se estariam a preparar para um novo assalto.

O tenente-coronel José Faria, do Comando Territorial da GNR de Vila Real, explicou que os dois homens foram intercetados por militares do Núcleo de Investigação Criminal na Autoestrada 4 (A4), na saída Penafiel-Sul, tendo um terceiro suspeito conseguido fugir sem que tenha sido capturado.

Na sequência desta investigação, decorreram posteriormente duas buscas domiciliárias no Porto, com a colaboração de militares da investigação criminal do Comando Territorial local e de agentes da PSP do Comando Metropolitano da cidade.

Nas duas operações foram apreendidos 1.740 euros e vários artigos em ouro, como relógios, pulseiras, brincos, fios, anéis, um crucifixo e uma libra, ainda telemóveis, um cartão Visa, um automóvel, três pares de luvas e diversas chaves metálicas e ferramentas.

«Tratou-se de uma investigação desencadeada relativamente a esta série de assaltos a residência que se verificaram na região de Vila Real», frisou o mesmo responsável.


José Faria referiu que a investigação decorria há cerca de um mês e que a maioria dos assaltos ocorreu na zona da Campeã.

Os dois homens foram ouvidos hoje no Tribunal Judicial de Vila Real, tendo sido aplicada a prisão preventiva ao suspeito de 49 anos, enquanto que o mais novo recebeu ordem de expulsão para a Albânia.