Um homem de 48 anos foi detido pela GNR, na Serra da Lousã, por estar a caçar veados ilegalmente, informou esta sexta-feira aquela força policial.

Intercetado por militares do Núcleo de Proteção Ambiental da GNR da Lousã, na madrugada de quarta-feira, o suspeito, residente na região, foi detido “pela prática de um crime de caça ilegal e por detenção de arma de fogo fora das condições legais”, num momento em que não tinha consigo qualquer animal abatido.

O comandante do Destacamento Territorial da Lousã da GNR, tenente Ismael Salvador, disse à agência Lusa que o homem “foi detido na zona do Trevim”, a mais de 20 quilómetros daquela vila do distrito de Coimbra, e tinha também várias lanternas na sua posse.

O Comando Territorial de Coimbra da GNR adianta, em comunicado, que o caçador furtivo “foi surpreendido quando estava a caçar veados”, tendo-lhe sido apreendidos uma espingarda, algumas munições e objetos de apoio à sua atividade ilegal.

Interrogado no mesmo dia, de manhã, no Tribunal Judicial da Lousã, o caçador foi constituído arguido com termo de identidade e residência, baixando o processo a inquérito.