A Unidade de Ação Fiscal da GNR apreendeu "31 360 cigarros, por introdução irregular no consumo", na segunda-feira, numa operação realziada na fronteira de Monte Francisco - Castro Marim, .

No decorrer de uma operação de fiscalização, que visou a verificação documental de âmbito tributário, os militares identificaram duas mulheres, com 41 e 54 anos, que transportavam tabaco dissimulado em malas de viagem, com origem em países de leste", refere o comunicado da GNR.

De acordo com a Guarda, "o valor da mercadoria apreendida ascende a 7 mil euros, o que se traduz em mais de 5 600 euros de Imposto Especial de Consumo não declarado ao Estado".

A GNR concluiu o comunicado informando que foram "elaborados dois autos de notícia por introdução irregular no consumo".