A GNR deteve 41 pessoas em flagrante delito no âmbito de um conjunto de operações em todo o território nacional que ocorreram entre as 20:00 de sexta-feira e as 08:00 de hoje, segundo um comunicado.

O conjunto de operações visou “a prevenção e combate à criminalidade violenta, fiscalização rodoviária, entre outras”, avança a Guarda Nacional Republicana no documento.

Dos 41 detidos em flagrante delito, registaram-se 32 detenções por condução sob o efeito do álcool, quatro por condução sem habilitação legal, uma por tráfico de estupefacientes, uma por violência doméstica e uma por furto.

Foram ainda apreendidas dez doses de haxixe.

No âmbito da fiscalização rodoviária, a GNR registou 818 infrações, das quais 406 por excesso de velocidade, 48 por condução com taxa de álcool no sangue superior ao permitido por lei e 38 por falta de inspeção periódica obrigatória.

Foram ainda detetadas 29 infrações por falta ou incorreta utilização do cinto de segurança e/ou sistema de retenção para crianças, 26 por uso indevido do telemóvel na condução, 16 por anomalias no sistema de iluminação e sinalização, nove por falta de seguro e oito por infrações relacionadas com tacógrafos.

Quanto à sinistralidade, a GNR registou a ocorrência de 103 acidentes, dos quais resultaram 23 feridos leves.