A Polícia Judiciária (PJ) anunciou hoje a detenção de um suspeito da prática de crimes de recetação e detenção de armas proibidas, que estavam a ser «continuadamente cometidos» numa residência em Gaia.

¿No âmbito de investigação por crimes de roubo com sequestro, recolheram-se indícios de que o arguido teria recebido os bens ilicitamente e faria desta prática modo de vida¿, descreve a PJ, em comunicado.

Na posse do arguido, um homem de 61 anos de idade, reformado por invalidez, a PJ encontrou e apreendeu ¿uma arma proibida, inúmeros objetos que confirmaram as suspeitas iniciais, nomeadamente dezenas de telemóveis, numerosos volumes de tabaco, centenas de cartões telefónicos e peças avulsas em metais preciosos¿.

Aquela força policial esclarece ainda que, ¿através da Diretoria do Norte, identificou e deteve um homem pela presumível autoria de crimes de recetação e detenção de arma proibida que vinham sendo cometidos continuadamente numa residência, em Gaia¿.

A PJ acrescenta que o detido vai ser presente a um primeiro interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.