Cerca de «30 a 40 anéis de ouro amarelo e branco» foram furtados, esta segunda-feira, numa ourivesaria em Almodôvar, alegadamente por dois homens e uma mulher, na casa dos 40 anos, que fugiram, revelou a GNR.

Fonte do Comando Territorial de Beja da GNR explicou que o alerta para o furto foi dado ao posto de Almodôvar pela proprietária da ourivesaria, por volta das 11:00.

O crime, segundo a mesma fonte, terá sido perpetrado «por três pessoas, um casal e outro homem, que falavam espanhol e aparentavam ter cerca de 40 anos«.

«Enquanto o casal distraía a proprietária ao balcão, o outro homem furtou do expositor cerca de 30 a 40 anéis de ouro amarelo e branco», relatou.

A proprietária só terá dado por falta dos artigos em ouro passado algum tempo, já depois de os suspeitos terem saído do estabelecimento.

«Os suspeitos alegaram que iam ao multibanco levantar dinheiro e que voltariam. Foi então que a proprietária deu por falta dos anéis e avisou a GNR», contou a fonte da Guarda.

Cada anel, de acordo com a estimativa apresentada pela proprietária da ourivesaria à GNR, valia «à volta de 200 euros».

A GNR disse estar a envidar «todos os esforços» para detetar e deter os presumíveis autores do furto, que se colocaram em fuga.