A GNR de Viana do Castelo deteve esta quinta-feira, em Alvarães, dois jovens de 19 anos apanhados «em flagrante delito» a furtar gasóleo «por encomenda» em viaturas pesadas de mercadorias. A informação foi avançada por fonte daquela força policial.

De acordo com informações da Lusa, os dois jovens, residentes em Santa Marta de Portuzelo e Torre, no concelho de Viana do Castelo, foram detidos pelos militares da GNR cerca das 01:00 da madrugada, após «movimentações suspeitas» na zona de Alvarães.

«As detenções consumaram-se depois de terem sido detetadas movimentações suspeitas de uma viatura ligeira de passageiros junto ao parque de estacionamento de uma empresa de transportes», explicou fonte da GNR.

Os militares decidiram «aguardar a oportunidade para a intervenção», que consumaram «quando o crime estava a ser praticado».

Na viatura utilizada pelos dois jovens, um deles já com antecedentes criminais e nenhum com habilitações legais para conduzir, os militares apreenderam quatro bidões de plástico, uma mangueira, luvas e telemóveis, entre outras ferramentas.

A GNR sublinhou que tinham ainda na sua posse um «manuscrito» que «indicia fortemente que o furto tinha sido por encomenda».

O alegado «comprador» do gasóleo, um homem de 30 anos residente em Viana do Castelo, também foi identificado nesta investigação.

Ainda de acordo com a GNR, diligências posteriores dos militares permitiram apurar que os detidos «já tinham perpetrado diversos furtos semelhantes» no concelho de Viana do Castelo.

Os dois serão presentes ainda esta quinta-feira ao Tribunal de Viana do Castelo, para primeiro interrogatório judicial e aplicação de eventuais medidas de coação.