A GNR anunciou esta terça-feira ter detido quatro pessoas, três homens e uma mulher, entre os 16 e 63 anos, pelo furto de 400 quilos de cortiça numa herdade no concelho de Alcácer do Sal (Setúbal).

Os suspeitos, revelou hoje o Comando Territorial de Setúbal da GNR, em comunicado, foram detidos “em flagrante delito”, na segunda-feira, na Herdade da Barrosinha, naquele concelho alentejano, por militares do posto territorial local.

Os indivíduos deslocavam-se atrás dos tiradores de cortiça e juntavam pedaços” daquele material, que “amontoavam em sítios estratégicos para posterior carregamento”, explicou a guarda.

Segundo a GNR, os detidos “furtavam também pranchas de cortiça, com um preço de mercado estimado entre os 30 e os 40 euros a arroba (medida equivalente a cerca de 15 quilos)”.

No âmbito da operação da guarda, foi ainda apreendido um veículo ligeiro de mercadorias utilizado no furto.

Presentes ao Tribunal de Grândola, os quatro suspeitos saíram em liberdade, ficando a aguardar julgamento sob termo de identidade e residência (TIR).