O furacão Ophelia provocou pequenas ocorrências nos Açores, segundo o último balanço da Proteção Civil feito à TVI, por volta das 20:15.

Em São Miguel houve três ocorrências, “coisas com pouco significado”, segundo João Santos, diretor de operações e planeamento da Proteção Civil dos Açores.

“Foi uma pequena inundação motivada pelo entupimento de esgoto e a necessidade de corte de árvores.”

Já no Grupo Central, foram registadas durante a tarde cinco ocorrências, “motivadas pela quantidade de precipitação”.

Entretanto, mais de 840 passageiros já foram afetados pelo mau tempo nos Açores, devido ao cancelamento de vários voos.

Segundo o porta-voz da SATA adiantou à agência Lusa, foram canceladas 10 ligações entre as ilhas de São Miguel, Terceira, Faial, São Jorge, Flores e Santa Maria.

De acordo com o site da ANA, foi ainda cancelado um voo da TAP, entre Lisboa e Ponta Delgada.

Foram ainda cancelados dois voos da Azores Airlines.

Em comunicado revelado ao fim da tarde, a delegação regional dos Açores do IPMA adiantava que o ciclone “está classificado como furacão de categoria 3 com vento médio de 185 quilómetros horários e rajadas de 220 quilómetros horários na sua zona mais ativa”.

As ilhas do Grupo Oriental estão sob aviso laranja devido ao vento até às 6:00 deste domingo, passando depois para amarelo até às 12:00.