Foi esta quinta-feira a enterrar no cemitério da Galiza, no Estoril, o jovem bombeiro que faleceu esta semana na serra do Caramulo.

O funeral juntou centenas de pessoas que quiseram prestar uma última homenagem a Bernardo Figueiredo.

Para além de família e amigos, estiveram presentes bombeiros de várias corporações e o ministro da Administração Interna, Miguel Macedo.

Bernardo Figueiredo, de 23 anos, esteve internado no hospital de São João, no Porto, para onde foi transferido há seis dias após ter ficado ferido no fogo na serra do Caramulo.



O jovem pertencia ao grupo de Ana Rita Pereira, a bombeira

de Alcabideche que também morreu no combate ao mesmo incêndio.