Dois aviões da TAP foram hoje de madrugada desviados do aeroporto da Madeira para Lisboa devido a ventos fortes, disse uma fonte aeroportuária, que garantiu estarem já a circular aviões com normalidade.

O regresso ao continente dos aviões fez cancelar as respetivas partidas para Lisboa e para o Porto.

De acordo com a mesma fonte, os dois aviões foram obrigados a desviar-se do aeroporto do Funchal por não conseguirem aterrar, já que os ventos não permitiram a manobra, tendo voltado para Lisboa.

«Durante a madrugada, no entanto, houve chegadas e partidas. [Estas] foram situações pontuais, os ventos estavam fora dos limites autorizados e, depois de uma espera para aterrar, acabaram por regressar ao continente», explicou.

A fonte do aeroporto da Madeira revelou que o primeiro voo da manhã das 05:25 horas já se realizou e o das 07:05 horas estava a preparar o embarque.

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera prevê para hoje, na Madeira, céu geralmente pouco nublado, apresentando períodos de muita nebulosidade nas vertentes norte da ilha da Madeira e no Porto Santo, além de vento moderado (25 a 35 km/h) de nordeste, soprando forte (35 a 45 km/h) nas terras altas.

As temperaturas deverão oscilar entre os 21 e os 28 graus Celsius no Funchal.