Um turista espanhol, com 57 anos, morreu esta terça-feira na Madeira, na zona do Caniçal, quando efetuava mergulho desportivo, relevou a Polícia Marítima do Funchal no Portal da Marinha.

«Cerca das 11h30, foi recebida uma chamada telefónica no piquete do Comando Local da Polícia Marítima do Funchal, proveniente da esquadra da PSP de Machico, reportando um acidente de mergulho recreativo de um indivíduo, com 57 anos de idade e de nacionalidade espanhola, cuja evacuação já se encontrava em curso», pode ler-se no comunicado.

Em declarações à Lusa, o responsável dos bombeiros de Machico, o turista «não se sentiu bem quando fazia mergulho e foi transportado para a marina da Quinta do Lorde».

«Utilizámos todos os meios possíveis e esteve no local a Equipa Médica de Intervenção Rápida (EMIR), mas [o turista] não recuperou», afirmou Rui Faria, comandante dos Bombeiros de Machico.

Este responsável adiantou que «o óbito acabou por ser confirmado no local».

De acordo com a Polícia Marítima, «o Ministério Público autorizou a remoção do corpo após a confirmação do óbito pelo Delegado de Saúde, tendo o corpo sido transportado para o Gabinete do Instituto Nacional de Medicina Legal e Ciências Forenses do Funchal».