A GNR anunciou esta ter detido, na quarta-feira, no Algarve, um homem condenado por homicídio, que estava evadido do Estabelecimento Prisional de Pinheiro da Cruz, em Grândola, onde cumpria pena.

O homem, com 45 anos, foi capturado em São Bartolomeu de Messines, freguesia do concelho de Silves, distrito de Faro, segundo um comunicado do Comando Territorial da força de segurança.

Além de se encontrar evadido do estabelecimento prisional de Grândola, distrito de Setúbal, pendia também sobre o detido um mandado de captura internacional por ter alegadamente fugido para França após a evasão de Pinheiro da Cruz, indicou a GNR.

Os militares do Núcleo de Investigação Criminal de Silves detetaram o homem, segundo a guarda, “durante uma ação de combate ao tráfico de estupefacientes” realizada em São Bartolomeu de Messines.

A GNR precisou que o homem, “ao ser abordado pelos militares, tentou ocultar a sua verdadeira identidade, apresentando documentação falsa”.

No entanto, os militares da GNR conseguiram confirmar que o detido “se encontrava evadido do estabelecimento prisional onde cumpria pena de prisão de 21 anos, pelo crime de homicídio”.

Após a captura, o homem foi entregue ao Estabelecimento Prisional de Silves.