A GNR apreendeu cerca de 76 quilos de folhas de tabaco secas, na zona de Estremoz, no Alentejo, por introdução irregular no mercado nacional, tornando-se no segundo caso do género no espaço de uma semana.

Fonte da GNR adiantou à agência Lusa que a apreensão foi feita, na madrugada desta terça-feira, durante uma operação de fiscalização do Destacamento de Ação Fiscal de Évora e do Destacamento Territorial de Estremoz da força de segurança.

A mesma fonte precisou que o tabaco apreendido estava a ser transportado numa viatura de uma empresa de transporte de mercadorias, que circulava na Estrada Nacional 4 (EN4), junto a Estremoz, no distrito de Évora.

Em comunicado, a GNR referiu que os cerca de 76 quilos de folhas de tabaco apreendidos dariam para 76.500 cigarros, correspondentes a um valor de mercado na ordem dos 15.600 euros e uma subsequente fuga aos impostos que ultrapassaria os 13 mil euros.

A GNR indicou que o produto apreendido tem origem «ainda desconhecida», mas admitiu «a existência de um circuito internacional dissimulado de abastecimento deste tipo de mercadorias».

Na semana passada, também numa operação de fiscalização, elementos do Destacamento de Ação Fiscal de Évora da GNR apreenderam cerca de 70 quilos de folhas de tabaco, em Évora, pela mesma infração.