Um fogo na cobertura de um prédio na Rua dos Pelames, na Sé do Porto, fez, esta sexta-feira à tarde, um ferido.

Segundo informou fonte dos Bombeiros Sapadores do Porto ao tvi24.pt, o fogo já está controlado e não existirão outras habitações em risco.

Neste momento ainda não foi possível confirmar o estado do ferido, mas a agência Lusa afirma que se trata de uma mulher que se encontrava no terceiro andar do edifício, e que «saiu pelo próprio pé».

Ainda segundo a Lusa, os bombeiros ainda continuam no local, com três viaturas dos sapadores bombeiros e duas dos bombeiros voluntários do Porto.

Pelas 17:30 o fogo já havia sido dado como extinto.

A proteção civil irá agora avaliar a vitalidade do prédio.

Junta e bombeiros alertam para dificuldades nas intervenções urgentes na Sé

O presidente da união de freguesias do Centro Histórico do Porto, onde se inclui a zona da Sé, alertou, segundo a Lusa, para necessidade de uma intervenção «urgente» nas acessibilidades para que incêndios como o de hoje não tomem maiores proporções.

O próprio chefe dos sapadores, Joaquim Teixeira, lamentou as «dificuldades ao acesso ao local» que fez com que os bombeiros demorassem «cinco minutos» a chegar, tempo que considera ser «muito».

Acrescentou que um dos veículos necessários ao combate às chamas não conseguiu chegar ao local do incêndio por causa de um veículo mal estacionado.

Também o presidente da união das freguesias, António Fonseca, confirmou que «os bombeiros tiveram dificuldades em chegar ao local, não só pelas acessibilidades mas também por causa dos carros mal estacionados».

«Houve um foco de incêndio que podia ter sido muito grave», alertou o autarca perante as «dificuldades dos bombeiros».