Notícia Atualizada às 08:53

O incêndio florestal que tinha deflagrado esta quarta-feira em Carvalho, concelho de Penacova, distrito de Coimbra, foi dado como dominado às 08:24, segundo informação disponível na página da Internet da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC).

O fogo foi dado como dominado às 08:24, estando envolvidos no combate 61 bombeiros, com o auxílio de 17 veículos.

De acordo com a ANPC, o incêndio, que deflagrou esta quarta-feira às 03:50, tinha uma frente ativa às 07:30.

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) colocou esta quarta-feira em risco máximo de incêndio vinte concelhos dos distritos de Faro, Santarém, Castelo Branco, Guarda, Viseu, Aveiro, Porto e Braga.

O IPMA colocou sob risco máximo de incêndio os concelhos de Monchique (Faro), Mação (Santarém), Oleiros (Castelo Branco), Sabugal, Gouveia, Fornos de Algodres, Aguiar da Beira, Trancoso (Guarda), Sernancelhe, Moimenta da Beira, Vila Nova de Paiva, Castro Daire, S. Pedro do Sul, Cinfães (Viseu), Arouca, Castelo de Paiva (Aveiro), Valongo (Porto), Cabeceiras de Basto, Vieira do Minho e Póvoa do Lanhoso (Braga).

De acordo com o IPMA, há também vários concelhos dos distritos de Faro, Portalegre, Santarém, Leiria, Coimbra, Castelo Branco, Guarda, Viseu, Aveiro, Porto, Braga, Viana do Castelo, Vila Real e Bragança em risco muito elevado e elevado de incêndio.

A Autoridade Nacional de Proteção Civil registou na terça-feira 69 incêndios, os quais foram combatidos por 1.012 operacionais com o apoio de 282 veículos.