O comandante dos Bombeiros do Vale de Besteiros, Joaquim Matos, disse esta sexta-feira que os trabalhos de consolidação no incêndio do parque da Interecycling, empresa do concelho de Tondela, passam agora pelo arrefecimento de resíduos que ainda estão incandescentes.

"O fogo está completamente dominado, apesar do fumo que ainda se vê. Neste momento, estamos a revolver, parcela a parcela, as carcaças, para arrefecer com água as que ainda estão incandescentes", descreveu Joaquim Matos à agência Lusa, às 09:45.

Um incêndio deflagrou por volta das 15:00 de quinta-feira numa área exterior da Interecycling, uma empresa localizada na Zona Industrial do Lajedo, em Santiago de Besteiros, no concelho de Tondela.

As chamas foram dominadas por volta das 04:45, mantendo-se no terreno 92 homens apoiados por 38 viaturas.

"Estou muito satisfeito com a forma como os trabalhos estão a decorrer. Agora, estamos a executar um trabalho com as máquinas giratórias, de forma a abrir caminho e a penetrar cada vez mais perto para deitar água nas carcaças de máquinas de lavar e de outros equipamentos elétricos que arderam."


De acordo com Joaquim Matos, esta ocorrência "ficará completamente resolvida, em breve, se as temperaturas assim o permitirem".

"O fumo que ainda se avista é por causa das tintas das carcaças, com água vaporizada à mistura", concluiu.

O incêndio causou um ferido ligeiro, um trabalhador da Interecycling, que foi transportado para o Hospital de Tondela.

A Interecycling foi fundada em 1999, sendo a primeira empresa de reciclagem de resíduos de equipamento elétrico e eletrónico (REEE) da Península Ibérica.