O incêndio que começou esta terça-feira à tarde em Picões/Ferradosa, em Alfândega da Fé, alastrou-se ao concelho de Mogadouro, cercando a aldeia da Quinta das Quebradas e ameaçando outras, e obrigou ao corte do IC5, informou .

O comandante dos Bombeiros Voluntários de Mogadouro, António Salgado, adiantou à agência Lusa que às 21:30, o fogo, cujo alerta foi dado às 13:47, mantinha quatro frentes ativas, acrescentando que as chamas cercaram a aldeia da Quinta das Quebradas, onde ardeu um edifício de uso agrícola, e ameaça as aldeias de Estevais e Meirinhos, no concelho de Mogadouro.

Uma das frentes dirige-se para a aldeia de Bruçó, adiantou a mesma fonte, assinalando que via IC5 está cortada na zona de Castelo Branco. O IC5 está cortado no troço entre Castelo Branco/Mogadouro e Sardão/Alfândega da Fé.

No combate às chamas em Alfãndega da Fé estão envolvidos 237 operacionais, apoiados por 67 viaturas, e na frente que alastrou a Mogadouro estão 76 operacionais, apoiados por 22 veículos.