Um incêndio destruiu hoje por completo uma fábrica de produção de carvão vegetal, localizada na zona industrial de Montemor-o-Novo, no distrito de Évora, sem provocar vítimas, indicaram fontes dos bombeiros e da GNR.

Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Évora adiantou à agência Lusa que o fogo, cujo alerta foi dado às 01:45, atingiu uma unidade fabril situada na zona industrial de Adua, em Montemor-o-Novo.

Segundo a mesma fonte, o incêndio foi dado como extinto por volta das 07:30, decorrendo, desde então, as operações de rescaldo.

A fonte da GNR indicou que ainda não foram apuradas as causas do incêndio, adiantando que se deslocaram ao local elementos da Polícia Judiciária para investigar a origem do fogo.

Participaram no combate ao incêndio 43 bombeiros das corporações de Montemor-o-Novo, Évora, Arraiolos e Vendas Novas, apoiados por 16 veículos.

Estiveram também no local militares da GNR e elementos do serviço municipal de Proteção Civil.