Um incêndio que deflagrou quinta-feira numa habitação na cidade de Angra do Heroísmo, nos Açores, deixou uma família desalojada e o edifício em que moravam em risco de ruir, revelou hoje fonte do Comando dos Bombeiros Voluntários de Angra.

O fogo, de origem ainda desconhecida, destruiu quase totalmente um prédio, composto por quatro apartamentos (um das quais estava em obras), situado junto ao Pico da Memória, um dos marcos históricos da cidade de Angra do Heroísmo, classificada como Património Mundial.

As temperaturas no local atingiram valores muito elevados e há uma necessidade urgente de se fazer uma avaliação do edifício"

Um dos elementos do Comando dos Bombeiros Voluntários de Angra acrescentou à Lusa que "há um risco estrutural real" do prédio poder ruir.

Apesar do aparato verificado no local e dos danos materiais que resultaram do incêndio, não houve vítimas a registar neste incêndio urbano, onde estiveram envolvidos 22 bombeiros e seis viaturas.