A Guarda Nacional Republicana (GNR) desenvolveu, este sábado, uma operação de fiscalização a estabelecimentos de restauração e bebidas, em Santarém, que terminou com uma detenção por posse de droga e a constituição de um arguido.

Em comunicado enviado para a Lusa, a GNR revela que o Destacamento Territorial de Santarém realizou na noite de sábado na freguesia de Alcanhões, no concelho de Santarém, uma operação de fiscalização a estabelecimentos de restauração e bebidas juntamente com uma operação de fiscalização rodoviária.

O resultado das operações foi «a constituição de arguido do proprietário de um dos estabelecimentos e uma detenção por posse de estupefacientes», diz a GNR, explicando que foram fiscalizados três estabelecimentos, nos quais foram detetadas várias ilegalidades que levaram à «elaboração de sete autos de contra-ordenação».

De acordo com o comando da GNR, «foi também levantado um auto de contra ordenação por posse de estupefacientes».

No âmbito da ação de fiscalização rodoviária, foram levantados outros seis autos de contraordenação ao Código da Estrada, sendo uma delas «Muito Grave», já que o condutor acusou uma taxa de 1.19 gramas de álcool por litro de sangue.