A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE), na sequência de uma ação de fiscalização através da Unidade Regional do Norte – Unidade de Mirandela, “apreendeu de cerca de 4 toneladas de carne imprópria para consumo (carne de suíno, enchidos e tripas), num montante global que ascende a cerca de 10.000 euros”.

Como resultado da ação, que ocorreu numa indústria de produção de produtos à base de carne e entreposto frigorífico do distrito de Viseu, foi ainda determinada a suspensão parcial da atividade, designadamente de quatro câmaras de congelação, “por incumprimento grave dos requisitos gerais e específicos de higiene”, diz a ASAE em comunicado.

Acrescentando que “foi ainda instaurado processo-crime por comercialização de produtos anormais avariados e ainda processo de contraordenação por incumprimento dos requisitos gerais e específicos de higiene e falta de rastreabilidade.”