Mil estudantes portugueses do ensino secundário foram expulsos do hotel onde estavam alojados, em Benalmádena, Málaga, no sul de Espanha, apurou a TVI, neste sábado.

Fonte do Hotel Pueblo Camino Real confirma que houve desacatos nas instalações envolvendo portugueses, mas não adianta mais informações, remetendo para uma conferência de imprensa a realizar na próxima segunda-feira.

Desacatos e mau comportamento estão na origem da expulsão dos alunos finalistas, confirmou fonte da Direção Nacional da PSP à agência Lusa.

De acordo com o jornal El País, que fala em apenas 800 estudantes, a polícia avalia os estragos em “milhares de euros”, adiantando que o valor ainda depende de uma avaliação mais apurada.

De acordo com o mesmo jornal, que cita fontes policiais, os jovens terão arrancado azulejos, atirado colchões pelas janelas, esvaziado extintores nos corredores do hotel. A mesma fonte acrescentou que chegaram mesmo a mergulhar um televisor numa banheira.

O hotel em causa, que assegura nunca lhe ter acontecido nada semelhante antes, fica na primeira linha junto à praia, na zona de Los Álamos.

Viagem custou "cerca de 650 euros"

A TVI falou com a mãe de um dos jovens expulsos do hotel. Mia Madeira adianta que a viagem custou "entre 625 e 650 euros". O grupo a que o jovem pertence é proveniente de Odivelas, na zona de Lisboa, e tinha partido para as férias no último sábado. 

Era suposto saírem de Málaga este domingo de manhã e chegarem à noite. A viagem de regresso foi antecipada em algumas horas. 

A mesma fonte acrescenta que o valor pago pela viagem incluía alimentação e animação. Mas algumas festas acabaram por não acontecer como previsto. 

A mãe deste jovem com quem a TVI falou sublinha que o grupo de Odivelas não esteve envolvido nos desacatos, que foram levados a cabo "por um grupo do Norte" do país. Ainda assim, os 50 euros que tinham sido pagos a título de caução não forma devolvidos pelo hotel aos jovens. 

Este sábado, a agência de viagens pagou um parque temático, para os jovens se manterem ocupados na estância turística. Mas o jantar deste sábado está a ser custeado pelos jovens. 

As autoridades espanholas solicitaram a colaboração da Polícia de Segurança Pública no local, para acompanhar a situação e o regresso dos jovens a Portugal.

VEJA TAMBÉM: 

Pelo menos metade dos estudantes já deixaram a unidade hoteleira e estão a caminho de Portugal.

Milhares de estudantes portugueses do ensino secundário estão em várias localidades do sul de Espanha em viagens de finalistas.

Benalmádena, Marina D'Or, onde se encontra a TVI, e Punta da Umbria são alguns dos destinos escolhidos.